sexta-feira, 27 de abril de 2012

FIO APARENTE? AGORA É MODA

Luminária pendente sem cúpula, com soquete
e lâmpada descobertos, está em alta

Cordão Luminária Ponto, assinada pela Haz Design, feita à mão
em crochê, com 6 metros de comprimento

Com soquetes coloridos, esse pendente é da marca dinamarquesa Muuto.

Para quem é talentoso com agulhas e linhas: luminárias de crochet.O fio da luminária e a parte onde se encaixa a lâmpada, revestido de crochet. Idéias do site schonner wohnen.

 O fio da lâmpada é encapado de crochet, e antes do soquete, um trabalho que lembra uma argola, para fazer uma graça. Acredito que esse tipo de trabalho não pode utilizar lâmpadas acima de 40 watts, para não aquecer demais os fios do crochet.

Além do fio e meia lâmpadas estarem revestidos de crochet, se deixou
muito fio sobrando, pra fazer essas voltas...

E uma estrutura de cúpula, revestida de crochet também...
No detalhe, a lâmpada da luminária anterior.

Um pouco de história
A luz centenária é uma lâmpada comum, de filamento de carbono de quatro watts, fabricada no final de 1890 pela Shelby Electric Company.A lâmpada é tão antiga que foi produzida apenas onze anos depois de Thomas Edison fazer a primeira demonstração pública de sua invenção.

A lâmpada foi doada em 1901, por Dennis Bernal, para o posto do corpo de bombeiros de Livermore, na Califórnia, e encontra-se lá até hoje, em funcionamento.Antes disso, algumas evidências sugerem que ela esteve em, pelo menos, quatro lugares antes de pertencer ao corpo de bombeiros.

A primeira vez que sua longevidade chamou atenção, foi em 1972 e, após uma reportagem ter sido escrita, a estória começou a despertar o interesse do público.Neste mesmo ano, a lâmpada foi parar nas páginas do Guiness Book como “A luz mais duradoura”.

Durante os 107 anos que está em poder bombeiros, a luz foi desligada algumas poucas vezes, sendo que a última foi em 1976, por motivo da mudança do departamento para um novo local.Ela ficou privada de eletricidade por apenas dez minutos e seu fio foi cortado por medo de que fosse danificada na tentativa de desinstalá-la.Desde então, a luz não foi desligada nos últimos trinta e dois anos.

Curiosamente, entre 1988 e 2006 a luz não aparece listada no livro dos recordes, voltando em 2007 sem razão aparente. A lâmpada tem seu próprio site e um dos links, mostra imagens atualizadas a cada dez segundos direto do posto do corpo de bombeiros de Livermore.

Site da lâmpada - http://www.centennialbulb.org

Casa de Valentina mostrou...
O site www.casadevalentina.com.br mostrou recentemente esta matéria, que achei interessante e aqui reproduzo.

Quem diria que uma simples lâmpada poderia fazer tanta diferença em uma decoração? A tendência veio lá da gringa, provavelmente nasceu nas casas escandinavas, mas agora chega ao Brasil com tudo! São as lâmpadas nuas, simples, penduradas em fios básicos, coloridos ou não. O recurso dá um up em qualquer ambiente, e o melhor é que você pode brincar com os fios, pendurar várias juntas, ou quem sabe uma solitária, ali, ao lado da cama, ou sobre a mesinha da sala. Enfim, mil e uma possibilidades! Veja abaixo algumas opções inspiradoras e invista nessa ideia.
Fotos: Pinterest, Bright Bazaar, Casa Vogue

Um comentário:

Pepe Guiseppe disse...

Essa decoraçaõ com cabos coloridos a vista ficou muito legal..

Postar um comentário